Corrente do Amor: o treinador que se tornou um paizão para o menino de rua

A cada criança que chega ao mundo, nascem novos sonhos, novas esperanças e novas oportunidades. Só que para alguns pequenos o caminho não é tão fácil assim. Por dificuldades da vida, muitos têm sua infância abreviada e enfrentam uma batalha a cada dia. Mas, se durante a trajetória existem obstáculos, também existem pessoas especiais, que podem mudar destinos com dedicação e afeto.

A Corrente do Amor Brandili é uma campanha que quer contar essas histórias de amor pela criança. E valorizar cada gesto. Hoje nós vamos falar sobre Abílio Mendes: treinador que ajudou a transformar um menino de rua em um campeão de boxe.

Corrente do Amor: o treinador que se tornou um paizão para o menino de rua

Thaynô Ferreira, hoje com 18 anos, passou grande parte da sua infância na rua em Porto Alegre, ao lado de sua mãe Liliane Vergara Ferreira (que trabalhava todo o dia) e de seu irmão Gabriel Ferreira. Quando completou 8 anos, junto também do irmão foi morar em um abrigo municipal em Esteio, local onde encontrou no esporte um novo caminho, desviando das drogas e da criminalidade, más escolhas que infelizmente são comuns a jovens que moraram na rua.

Corrente do Amor: o treinador que se tornou um paizão para o menino de rua

Corrente do Amor: o treinador que se tornou um paizão para o menino de rua

Ao chegar no abrigo, entre as atividades desenvolvidas na instituição, Thaynô se interessou pelo boxe. Muito magrinho e ainda desengonçado, conheceu Abílio, treinador que acreditou desde o início em seu potencial. O adolescente viu no profissional a figura paterna que não teve, criando uma relação de muita confiança e carinho. Até fora dos ringues, o jovem compartilhava suas angústias, sonhos e incertezas. Foi Abílio quem incentivou Thaynô a seguir com os estudos, e fez o mesmo pelo irmão do jovem, Gabriel, que também treina boxe.

Corrente do Amor: o treinador que se tornou um paizão para o menino de rua

Hoje o garoto é bicampeão gaúcho na categoria Elite Adulto 69kg e conquistou há pouco o terceiro lugar (entre 90 participantes de todo o país) na Copa Sul-Sudeste, mérito que o fará competir pela primeira vez o Campeonato Brasileiro de Boxe, peso Meio-Médio, em novembro, em Aracaju. Para Thaynô os seus sonhos só estão começando. Mas a gente sabe que ele já é um vencedor na maior das lutas: a vida.

Corrente do Amor: o treinador que se tornou um paizão para o menino de rua

Linda história, né gente? Para chegar lá, se esquivar das dificuldades e seguir em frente o incentivo de treinador do menino foi essencial. São exemplos como esse que queremos passar adiante. Por isso, se você tem uma história de amor pela criança para contar divida com a gente também nas nossas redes sociais. Pode ser no Facebook, Instagram ou aqui mesmo no Blog! Todas as participações vão ser analisadas por uma curadoria, que escolherá as melhores histórias. Depois, os selecionados terão suas histórias contadas e divulgadas através de uma animação em vídeo nos canais da Brandili! Participe!

Compartilhe sua história e entre nessa corrente <3

Mais informações: Diário Gaúcho

Fotos: Félix Zucco

 

Equipe Brandili

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!