Corrente do Amor: conheça os 10 direitos das crianças

Oi, gente!

Através da Corrente do Amor, nós já compartilhamos diversas histórias de amor pela criança. Agora vamos abordar temas importantes em que a dedicação, atenção e amor pelos pequenos deve falar mais alto. Por exemplo, vocês sabiam que hoje é o Dia da Infância? Ao contrário do que muitos pensam, essa data não tem relação com o Dia das Crianças comemorado em 12 de outubro. É uma data instituída pela UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) com o objetivo de promover uma reflexão sobre a condição de vida das crianças ao redor do mundo.

Leia também: Corrente do Amor: como conciliar o trabalho e filhos

Em 20 de novembro de 1959, foi aprovada pela ONU (Organização das Nações Unidas) a Declaração dos Direitos das Crianças, com 10 princípios que devem ser seguidos por todos para garantir que elas vivam bem e felizes. Por isso, nada mais justo que no dia de hoje compartilharmos eles aqui, para que saibamos quais são os direitos das crianças.

  1. Todas as crianças são iguais e têm os mesmo direitos, não importa sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.
  2. Todas as crianças devem ser protegidas pela família, pela sociedade e pelo Estado, para que possam se desenvolver fisicamente e intelectualmente.
  3. Todas as crianças têm direito a um nome e a uma nacionalidade.
  4. Todas as crianças têm direito a alimentação e ao atendimento médico, antes e depois do seu nascimento. Esse direito também se aplica à sua mãe.
  5. As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm o direito a educação e cuidados especiais.
  6. Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.
  7. Todas as crianças têm direito à educação gratuita e ao lazer.
  8. Todas as crianças têm direito de ser socorridas em primeiro lugar em caso de acidentes ou catástrofes.
  9. Todas as crianças devem ser protegidas contra o abandono e a exploração no trabalho.
  10. Todas as crianças têm o direito de crescer em ambiente de solidariedade, compreensão, amizade e justiça entre os povos.

Mesmo que nossos pequenos teoricamente estejam protegidos por lei, sabemos que no mundo milhares de crianças enfrentam circunstâncias difíceis, preconceitos e, em alguns casos, são exploradas por adultos para trabalhar. Lugar de criança é na escola, brincando com os amigos, vivendo essa fase maravilhosa que é a infância! Vamos aproveitar a data para incentivar a proteção dos pequenos e agir por um futuro melhor. Vamos promover o Amor Pela Criança!

Via: Folha de São Paulo | Imagem: Reprodução

Equipe Brandili

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!