Corrente do Amor: Cavaleiros da Cultura distribuem livros para crianças da Zona da Mata

Sabemos que toda criança depende de carinho e atenção para crescer e se desenvolver. E esse cuidado pode vir dos pais, avós, irmãos padrinhos, amigos e muitas outras pessoas ao seu redor. Para homenagear e contar histórias daqueles que fazem a diferença por nossos pequenos, lançamos a campanha Corrente do Amor. Hoje vamos contar a linda trajetória dos Cavaleiros da Cultura: um grupo que irá distribuir 40 mil livros para crianças humildes em Minas Gerais. 

Corrente do Amor: cavaleiros da Cultura distribuem livros para crianças da Zona da Mata

Em locais mais afastados da zona urbana, como vilarejos e povoados, um livro é algo praticamente impossível de ser encontrado. Tem crianças que só passam a ter contato com uma obra literária na biblioteca do colégio. Pensando em mudar essa situação de pouquíssimo acesso à cultura, Carlos Oscar Niemeyer (neto do famoso arquiteto brasileiro) criou um projeto incrível de incentivo à leitura que, neste ano, irá distribuir 40 mil livros a crianças mineiras em parceria com a Paulus Editora (SP).

No dia 20 de junho, a expedição dos “Cavaleiros da Cultura“, como são chamados, depois de uma cerimônia que reuniu mais de 500 crianças de escolas públicas no Memorial Carlos Drummond de Andrade (Itabira), partiu de lá para percorrer 400 km até a cidade Rio Novo, localizada na Zona da Mata. Pelo caminho os cinco cavaleiros irão passar por Ipoema, Cocais, Santa Rita do Durão, Piranga, Presidente Bernardes, Dores do Turvo, Rio Pomba e outras localidades.

Corrente do Amor: Cavaleiros da Cultura distribuem livros para crianças da Zona da Mata

“É uma forma de levar uma perspectiva de um futuro melhor às crianças. Conhecimento ninguém tira. Agora, alguém precisa proporcionar isso”, afirmou Carlos.

A fundação que é liderada pelo neto de Oscar Niemeyer tem quase 20 cavaleiros e foi fundada no ano 2008 com o incentivo do arquiteto, que faleceu em 2013. Durante todo esse tempo, eles já tiveram como itinerário cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, locais onde incentivaram a leitura doando cerca de 700 mil livros.

“Esse trabalho começou no centenário do meu avô (em dezembro de 2007). Quando eu contei a ele que faríamos uma cavalgada em sua homenagem ele me disse: então leve um livro para onde você for”, diz o idealizador do projeto.

Corrente do Amor: cavaleiros da Cultura distribuem livros para crianças da Zona da Mata

Que projeto mais lindo, né gente? Torcemos para que ele sirva de exemplo para muitas outros, pois todas as crianças merecem ter acesso ao conhecimento para terem um futuro melhor. Além dessa iniciativa, muitas outras histórias fazem parte da Corrente do Amor. Leia também:

>> Professor transforma crianças carentes em campeãs de matemática

>> Menino de 11 anos dá aulas de yoga e doa tudo o que ganha para ajudar crianças com câncer

>> Estudantes levam crianças de baixa renda para passeios culturais acessíveis

E você?

Tem também uma história inspiradora para dividir com a gente? É bem fácil, olha: Passo 1: pense na história de alguém que tem amor pela criança; Passo 2: poste essa história nas redes sociais da Brandili com a #CorrentedoAmorBrandili ou aqui nos comentários do blog; Passo 3: pronto, você já está participando! As histórias mais emocionantes serão transformadas em animações, que serão exibidas em todo o Brasil.

Esperamos contar com a sua história aqui, quanto mais pessoas maior será a corrente do amor <3

Imagens e informações: Catraca Livre | Imagens: Redrodução Acervo Cavaleiros da Cultura

Equipe Brandili

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!