“5 atividades divertidas para ajudar seu filho com autismo” por Juli Lanser

Abril é considerado o Mês Azul devido a conscientização do Autismo. Instituído pela ONU, o mês tem como objetivo difundir informações, disseminar inclusão e assim reduzir o preconceito sobre o transtorno. O autismo é um transtorno neurológico caracterizado pelo comprometimento da interação social, comunicação verbal e não verbal e dos comportamentos restritos e repetitivos. Diagnosticar o transtorno não é uma tarefa fácil e demanda uma equipe multidisciplinar além de neuropediatras/neurologista ou psiquiatra. Por ser um amplo espectro não existe uma criança autista igual a outra.

"5 atividades divertidas para ajudar seu filho com autismo" por Juli Lanser

Para falar sobre esse tema importante, chamamos uma mãe que virou especialista do autismo do seu filho: a blogueira e palestrante Juli Lanser. Neste mês, ela está nos trazendo dicas, informações relevantes e compartilhando suas experiências com o seu filho, o pequeno Rafa, que foi diagnosticado com o transtorno em 2015. Confira a seguir o terceiro artigo escrito por ela. <3

Leia também os outros artigos: “Meu filho é autista. E agora?”“5 dicas para ajudar seu filho com autismo no dia a dia”

"5 atividades divertidas para ajudar seu filho com autismo" por Juli Lanser

5 atividades divertidas para ajudar seu filho com autismo

Aprender brincando é uma das maneiras mais divertidas para qualquer criança, porém para um autista com dificuldade de socialização isto se torna um desafio e um estimulo constante no seu dia a dia. Foi pensando nesta dificuldade de socialização que compartilho essas 5 dicas que além de se tornar funcional promove a inclusão de todos respeitando a singularidade do autista:

  1. Criar mini circuitos, como autistas gostam de sequências e muitos precisam trabalhar a coordenação motora, estes circuitos podem se tornar divertidos e objetivos. Ex: Andar em cima da corda, passar no tubo, andar em zigue-zague, pular com os 2 pés juntos dentro dos bambolês e por ai vai…
  2. Bolhas de Sabão, uma brincadeira baratinha, que diverte a todos e ainda pode ser um estimulo a mais para um autista.
  3.  Caixas sensoriais são divertidas, fáceis de fazer e podemos explorar de várias maneiras diferentes. Ex: caça ao tesouro com letras, números, animais e objetos que você tenha e sejam do interesse da criança.
  4. Brincar de Imitação, além de ajudar no processo de aprendizado em todas as esferas do desenvolvimento infantil, é extremamente importante para um autista auxiliando na socialização, interpretação e códigos sociais. Ex: imitar expressões faciais ou os sons dos animais, ações de objetos, danças e afins.
  5. Músicas são ótimas ferramentas para criar a socialização, compreensão, diversão e alegria das crianças.

Quando falamos em diversão é preciso lembrar que autista ou não, todas as crianças precisam ser amadas, respeitadas e incluídas nos meios sociais que vivem e todo seu aprendizado é mais eficaz quando ela aprende com as diferenças e não com as igualdades, desta forma transformados as diferenças em aprendizados mútuos.

Comente!